Por Gabriel Preuss

fevereiro 23, 2023

Entenda de uma vez a diferença entre mídia paga e mídia orgânica

Quando você pensa em marketing digital, fica restrito a achar que se trata apenas de ter um site atrativo ou fazer posts nas redes sociais? Se a resposta for sim, saiba que essa área apresenta muito mais possibilidades do que se imagina. No entanto, antes de montar um plano estratégico, é necessário fazer uma escolha […]

Balança equilibrada com os nomes "mídia paga" e "mídia orgânica" em cada lado

Quando você pensa em marketing digital, fica restrito a achar que se trata apenas de ter um site atrativo ou fazer posts nas redes sociais? Se a resposta for sim, saiba que essa área apresenta muito mais possibilidades do que se imagina. No entanto, antes de montar um plano estratégico, é necessário fazer uma escolha que a princípio pode até parecer simples, mas que, na verdade, exige muita reflexão: utilizar a mídia orgânica ou a mídia paga?

Para responder a essa dúvida, apresentaremos as principais diferenças entre mídia orgânica e mídia paga e as vantagens de cada uma. Ao final deste artigo, você poderá tomar a melhor decisão baseada na realidade do seu negócio. Continue a leitura.

 

O QUE É MÍDIA ORGÂNICA?

 

A mídia orgânica é aquela na qual você não tem nenhum custo direto, exceto o tempo utilizado na produção do conteúdo. Ou seja, você não precisa pagar para que ela chegue até o seu consumidor. Na verdade, o movimento é justamente o oposto: o público é que vai até você.

Para ter sucesso nessa estratégia, você precisa investir no inbound marketing, que consiste na oferta de conteúdo relevante com o objetivo de atrair consumidores.

Diferença entre mídia paga e mídia orgânica

Por exemplo, se você produz material audiovisual, como é o caso da Nasa Produtora, pode escrever blogposts sobre as tendências em fotografia e filmagem profissional e divulgar esses conteúdos em posts nas redes sociais.

Podemos dizer que as possibilidades dentro da mídia orgânica são inúmeras, já que você tem total controle sobre o que deseja publicar. E, se você quiser que o seu conteúdo tenha maior alcance, pode aplicar as técnicas de SEO para ajudar o seu site a ranquear melhor nas páginas de pesquisa.

Leia também: “E-mail marketing: Por que você está fazendo isso errado (ainda)?

 

O QUE É MÍDIA PAGA?

 

A mídia paga, como o próprio nome diz, é uma estratégia em que você precisa fazer um investimento financeiro. São os famosos conteúdos patrocinados, que aparecem nas redes sociais e nos sites de busca.

Para esse tipo de campanha de marketing, você precisa definir o público que você quer atingir, por quanto tempo e com qual objetivo, seja para aumentar o tráfego para o seu site ou vender um produto. Essas ações podem ser realizadas por diversos canais, como o Google Ads, o Instagram Ads, o Tik Tok Ads, etc.

Leia também: “Como obtemos um retorno de 8141,5% sobre o investimento em uma campanha de tráfego pago para e-commerce

Um dos formatos mais comuns é a compra de palavras-chave. Assim, quando alguém pesquisa um termo no Google, seu site aparece nas primeiras posições dos resultados de busca. Esse anúncio terá um custo por clique (CPC), o que significa que você pagará apenas quando o cliente clicar no link patrocinado.

 

QUAIS AS PRINCIPAIS DIFERENÇAS ENTRE MÍDIA PAGA E MÍDIA ORGÂNICA?

 

Enquanto a mídia paga exige um investimento financeiro, a mídia orgânica depende apenas do tempo que será gasto na produção de conteúdo relevante. No entanto, a mídia paga possibilita um retorno mais imediato, já que quando você paga pelo anúncio, ele aparece diretamente para o público desejado. 

Por outro lado, a mídia orgânica apresenta potencial para grandes resultados ao longo prazo. Isso porque, a cada conteúdo interessante que você entrega para o seu cliente, mais um passo é dado para que a sua marca se aproxime dele.

Diferença entre mídia paga e mídia orgânica

Se você tem uma marca de roupas e seu blog acabou virando referência quando o assunto é moda, a tendência é que o cliente procura o que precisa nos corretores da sua loja. Dessa forma, você ganha confiança, se torna especialista naquilo que vende e ainda se destaca da concorrência.

 

DEVO INVESTIR EM MÍDIA PAGA OU MÍDIA ORGÂNICA?

 

Agora, vamos voltar a pergunta de ouro: “devo investir em mídia orgânica ou mídia paga?” E a resposta é: depende dos seus objetivos!

Se a sua meta, por exemplo, é atrair tráfego para o seu e-commerce, uma possibilidade é investir em campanhas pagas para garantir um fluxo de visitantes com potencial de se tornarem clientes. E, a partir disso, montar uma estratégia de produção de conteúdo orgânico para um blog e as redes sociais.

O contrário também é válido: você pode começar pela mídia orgânica, usando técnicas de SEO e direcionando os consumidores para a sua loja virtual. E, depois que o conteúdo de valor estiver gerando engajamentos, você pode investir em mídia paga para ter um alcance ainda maior. 

Além disso, a decisão de optar pela mídia orgânica ou a mídia paga vai depender do seu orçamento disponível e do quanto está disposto a investir.

 

SE AINDA ESTIVER COM DÚVIDA, CONTATE A RAIZHE

 

Precisa montar uma estratégia de mídia paga ou mídia orgânica? Conte com a ajuda de quem mais entende do assunto! A agência Raizhe tem um time de especialistas em marketing digital que estão prontos para trazer os melhores resultados para a sua empresa. Clique aqui e saiba mais.

Utilizamos cookies para oferecer melhor 

experiência, melhorar o desempenho, analisar 

como você interage em nosso site e personalizar 

conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda

 com o uso de cookies.

Saiba mais